Biscoitos

Nem biscoitos, nem bolachas. Aqui o assunto é vinho!

Biscoitos é o nome de uma das freguesias da Ilha Terceira, localizada no Oceano Atlântico, e que pertence ao arquipélago dos Açores, território autônomo da República Portuguesa. Para chegar à Ilha Terceira, são 2h45min de voo, partindo de Lisboa.

Biscoitos, a pequena freguesia de menos de 1.500 habitantes, emprestou seu nome a uma denominação de origem de vinhos de Portugal, produzidos localmente, oficialmente regulamentada desde 1994.

O nome Biscoitos faz referência à semelhança das rochas vulcânicas com grandes biscoitos escuros.

Nessa região os solos são vulcânicos, ricos em minerais e relativamente férteis. São condições notoriamente reconhecidas como favoráveis ao cultivo de uvas de acidez mais elevada, de maneira que as uvas dos Biscoitos são naturalmente bem adaptadas para a produção de vinhos licorosos, onde a acidez equilibra-se com a doçura.

O vinho autorizado para ser rotulado como Biscoitos tem que ser um vinho licoroso, fortificado, com pelo menos 16% de teor alcoólico, tendo passado pelo menos 3 anos estagiando em cascos de madeira.

As castas recomendadas para a produção do vinho dos Biscoitos são: Verdelho, Arinto e Terrantez. Além dessas, também estão autorizadas: Boal, Malvasia, Sercial, Fernão Pires, Generosa e Galego Dourado.

Uma observação: Fora das regras da denominação Biscoitos, produtores fabricam vinhos secos, não fortificados, também de alta qualidade, visto que a elevada acidez é uma boa condição para estruturar vinhos de boa longevidade.

Uma curiosidade: A tradição vitivinícola da Ilha Terceira, e de Biscoitos, é bem antiga. No século 16, o vinho de Biscoitos era muito consumido nas caravelas da Rota das Índias e das Especiarias.

Uma peculiaridade: Em 1990 foi fundado, por um antigo produtor de vinhos da freguesia, o Museu do Vinhos dos Biscoitos.

Para encerrar, sem sair do arquipélago dos Açores, que tal conhecer Pico, outra denominação de origem da região, cuja paisagem foi declarada, pela UNESCO, como um Patrimônio Mundial da Humanidade? Para conhecer Pico e seus vinhos, clique aqui.




Quem somos

 

O Tintos&Tantos nasceu em 2013, e em seu pouco tempo de vida, já se tornou uma referência no mercado editorial de vinho, nacional e internacionalmente.

 

Para contar quem somos, primeiro vamos dizer quem nós não somos. Não somos um blog de vinhos. Não somos críticos de vinhos.

 

O Tintos&Tantos é um portal de Internet, que dá acesso a um conteúdo editorial, de produção própria, inteiramente dedicado ao mundo do vinho. 

 

Nossa contribuição é prover informação imparcial, relevante e gratuita.  Sempre em linguagem acessível e agradável de ler.

 

O intuito do Tintos&Tantos é o de fomentar o estudo, o interesse, a crítica, e até mesmo a polêmica a respeito do vinho.

 

Nosso foco não é competir com outros geradores de conteúdo, pelo contrário: ao sermos mais um agente no desenvolvimento desse mercado, e na consolidação dessa cultura, todos nós, apaixonados por vinho, ganhamos: consumidores, editores especializados, blogueiros, youtubers, produtores, importadores, sommeliers, enólogos e enófilos em geral...

 

Na nossa opinião, quanto mais gente do bem estiver falando sobre o mundo do vinho, com respeito e profissionalismo, melhor para todos nós.

 

Assim, é com imensa satisfação que criamos conteúdo diário e interagimos com cada leitor, através dos nossos canais de comunicação e de mídias sociais. 

 

No Facebook (www.facebook.com/tintosetantos), por exemplo, onde tantos amigos nos acompanham, é com orgulho que constatamos ser, o Tintos&Tantos, a maior página do Facebook, no mundo, em sua categoria! Uma comunidade de pessoas curtindo, comentando, se divertindo, aprendendo e ensinando, concordando e discordando... Todos nós, apaixonados pelo maravilhoso universo que cerca o vinho.

 

Não somos donos da verdade. Na verdade, recomendamos fortemente que se duvide de qualquer um que diga conhecer tudo sobre vinhos.

 

Esperamos que você aprecie e que continue nos acompanhando, e sempre que possível, ajudando na divulgação e propagação desse projeto, cujo foco será sempre você, vinhonauta!

 

A você, o nosso muito obrigado!

A você, o nosso brinde!

 

Em caso de dúvida, crítica ou sugestão, entre em contato pelo e-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.