Poulsard

Essa uva é uma raridade típica da pouco conhecida região de Jura, no leste da França. Venha conosco, conhecer mais uma cepa!

O nome dessa variedade pronuncia-se como se fosse “pulssarr”. E, segundo a OIV (Organização Internacional da Vinha e do Vinho), Poulsard e Ploussard são sinônimos que designam a mesma cepa.

Essa é uma variedade que exige bastante atenção por parte do produtor. Ela brota precocemente, e sua pele fina a deixa muito propensa aos riscos inerentes às geadas de primavera. Em suma, Poulsard é particularmente vulnerável à várias pragas e doenças típicas da vinha. E esse é um dos motivos, aliás, que levam a Poulsard a estar presente praticamente apenas na França, e praticamente restrita a essa região.

Grande, de casca fina e clara, com poucos pigmentos, a uva Poulsard normalmente é utilizada para a produção de vinhos tintos, mas pode também produzir vinhos brancos de alta qualidade, assim como faz a Pinot Noir.

Se você estranhou a possibilidade de produzir vinhos brancos a partir de uvas tintas, saiba que a cor da uva muitas vezes não correponde à cor do vinho. Para ler sobre esse assunto, clique aqui.

As mais frequentes parceiras de corte da Poulsard são as uvas Pinot Noir, Gamay e Trousseau.

Apesar de produzir vinhos brancos, rosés, e espumantes, o mais comum é encontramos a Poulsard em vinhos tintos de boa acidez, que são notoriamente frescos, e ao mesmo tempo delicados e intensos. Muito perfumados, com aromas de morango e de outras frutas vermelhas, esses vinhos também apresentam ao nariz pitadas de pimenta e ervas.

De poucos taninos, é um vinho que sugere-se que seja degustado durante a sua juventude, esperando ao máximo uns 3 anos após a colheita, para que todo o seu frescor seja aproveitado, na sua plenitude.

A harmonização mais frequentemente vista, para os leves vinhos tintos elaborados com a Poulsard é acompanhando cogumelos servidos com molho branco. Então, fica aqui a dica, já que a tradição muitas vezes é sábia!

Outras sugestões de boas combinações são aves e carne de porco. Que tal, por exemplo, um fricassê de frango?

A maior dica, aqui é: em tendo oportunidade, não deixe de degustar um vinho elaborado com Poulsard. Afinal, na viagem pelo mundo dos vinhos, mais importante que o destino de chegada, é o caminho que percorremos!

Para encerrar, se quiser conhecer outras cepas, clique aqui.




Quem somos

 

O Tintos&Tantos nasceu em 2013, e em seu pouco tempo de vida, já se tornou uma referência no mercado editorial de vinho, nacional e internacionalmente.

 

Para contar quem somos, primeiro vamos dizer quem nós não somos. Não somos um blog de vinhos. Não somos críticos de vinhos.

 

O Tintos&Tantos é um portal de Internet, que dá acesso a um conteúdo editorial, de produção própria, inteiramente dedicado ao mundo do vinho. 

 

Nossa contribuição é prover informação imparcial, relevante e gratuita.  Sempre em linguagem acessível e agradável de ler.

 

O intuito do Tintos&Tantos é o de fomentar o estudo, o interesse, a crítica, e até mesmo a polêmica a respeito do vinho.

 

Nosso foco não é competir com outros geradores de conteúdo, pelo contrário: ao sermos mais um agente no desenvolvimento desse mercado, e na consolidação dessa cultura, todos nós, apaixonados por vinho, ganhamos: consumidores, editores especializados, blogueiros, youtubers, produtores, importadores, sommeliers, enólogos e enófilos em geral...

 

Na nossa opinião, quanto mais gente do bem estiver falando sobre o mundo do vinho, com respeito e profissionalismo, melhor para todos nós.

 

Assim, é com imensa satisfação que criamos conteúdo diário e interagimos com cada leitor, através dos nossos canais de comunicação e de mídias sociais. 

 

No Facebook (www.facebook.com/tintosetantos), por exemplo, onde tantos amigos nos acompanham, é com orgulho que constatamos ser, o Tintos&Tantos, a maior página do Facebook, no mundo, em sua categoria! Uma comunidade de pessoas curtindo, comentando, se divertindo, aprendendo e ensinando, concordando e discordando... Todos nós, apaixonados pelo maravilhoso universo que cerca o vinho.

 

Não somos donos da verdade. Na verdade, recomendamos fortemente que se duvide de qualquer um que diga conhecer tudo sobre vinhos.

 

Esperamos que você aprecie e que continue nos acompanhando, e sempre que possível, ajudando na divulgação e propagação desse projeto, cujo foco será sempre você, vinhonauta!

 

A você, o nosso muito obrigado!

A você, o nosso brinde!

 

Em caso de dúvida, crítica ou sugestão, entre em contato pelo e-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.