Casa Valduga Arte Tradicional Brut Rosé

Recomendação Tintos&Tantos

Casa Valduga Arte Tradicional Brut Rosé

Você reparou que espumantes rosés entraram na moda, de um tempo para cá? Se você ainda não se rendeu a essa tendência, esse vinho é uma excelente porta de entrada!

Quanto à sua produção, a gente pode dizer que o Casa Valduga Arte Tradicional Brut Rosé é bem parecido com outro rótulo da mesma linha, que também provamos e recomendamos, sobre o qual você pode ler, clicando aqui. Mas eles só são parecidos na produção:

 Ambos são do Vale dos Vinhedos, produzidos pela Casa Valduga

 Ambos são espumantes produzidos pelo Método Tradicional, o mesmo dos vinhos de Champagne

 Ambos passam por 12 meses de maturação em caves subterrâneas

 Ambos ganham complexidade com o amadurecimento sur lies, em contato com as borras das leveduras

 Ambos são produzidos pelo corte de 60% Chardonnay e 40% Pinot Noir

Então, como eles são tão diferentes, a começar pela cor? Existe um pequeno detalhe, que é responsável por uma grande diferença: o tempo de contato das cascas da Pinot Noir com o mosto.

Para produzir o Casa Valduga Arte Tradicional Brut Rosé, as uvas da variedade Pinot Noir passam por uma leve maceração a frio, enquanto que para a produção de vinho branco elas ficam em contato com o mosto apenas durante a prensagem.

E isso faz toda a diferença. O vinho ganha um aspecto muito bonito: torna-se rosa claro, puxando para tons de salmão. Mas ele continua sendo bem límpido, e suas bolhas finas, vigorosas e duradouras.

Os aromas ganham tons florais mais marcantes, e a fruta predominante no nariz, na nossa opinião, passa a ser morango. Também tem um toque de brioche, proveniente do amadurecimento.

O Casa Valduga Arte Tradicional Brut Rosé é um espumante muito charmoso, que não vai fazer feio em nenhuma ocasião. Com 11,5% de teor alcoólico, ele é muito refrescante, sem deixar de ser uma escolha bastante elegante.

Engana-se quem relaciona vinho rosé com vinho doce. Esse é um espumante Brut, que tem apenas entre 8 e 15 gramas de açúcar residual por litro, de acordo com a legislação brasileira.

A nossa sugestão é degustar o Casa Valduga Arte Tradicional Brut Rose a aproximadamente 6°C.

Para harmonizar, esse é um vinho espumante que vai ficar muito interessante com sabores levemente picantes. Que tal um aperitivo estilo tex-mex? Guacamole e tirinhas de frango ao barbecue. Ou então, sirva com uma salada verde com croutons e finalizada com azeite, e bastante salsinha e cebolinha. Você vai se surpreender.

E, se quiser saber mais sobre a Recomendação Tintos&Tantos, clique aqui.