Porpetinhas

Muito, muito fáceis de fazer. Boas para o almoço em família, no final de semana, ou para um lanche rápido, agora mesmo... Mais gostosas, ainda, com um bom vinho!
 
Todos sabemos da delícia de desfrutar refrescantes vinhos brancos e rosés durante o verão. Mas nem por isso precisamos abrir mão do prazer do vinho tinto, durante essa estação.
 
A combinação entre o que se vai comer e o que se vai beber é muitas vezes motivo de tensão e discussão. Bobagem.
 
Tem gente que melhora com o tempo. Tem vinho que também é assim...
 
Um metal leve, maleável e resistente. Amplamente utilizado na indústria aeroespacial. O que ele tem a ver com o vinho? Tudo.
 
O consumo regular e moderado de vinho é, sim, benéfico à saúde. Mas um estudo científico canadense, sobre o assunto, foi bem mal interpretado, segundo o próprio pesquisador. Entenda mais sobre o assunto.
 

Alentejo

Esse é um dos nomes mais emblemáticos dos vinhos portugueses, e um dos mais importantes no cenário da produção mundial de vinho, sabia?
 

Riesling

Uma das principais uvas de vinho branco do mundo, a mais importante da Alemanha, às vezes incompreendida e injustiçada... Riesling, responsável por alguns dos melhores, mais complexos e mais longevos vinhos brancos!
 
Já parou para pensar nessa pergunta? Nós paramos.
 

Gewürztraminer

Uma variedade de nome difícil, de pele grossa e rosada, e que está por trás de alguns dos vinhos mais aromáticos de todo o mundo. Produz desde líquidos secos até excelentes doces. Além disso, uma uva que provoca reações extremas, mas nunca indiferença...
 
Por meio desta, esclarecemos, a quem possa interessar:
 
Brownie é uma tradição americana, e é uma excelente alternativa para variar o nosso bolo de chocolate. Imagina, então, com um toque de vinho do Porto?
 
Estava ansioso pelo final de semana, mas não sabe bem, ainda, como aproveitá-lo? A gente dá uma mãozinha...
 

Girar para quê?

Girar o vinho, antes de sentir seu aroma, é um ritual bem interessante. Mas mais do que interessante, é um ritual também muito útil!
 
Você já sentiu uma certa saudade antecipada de determinado vinho, ao servir a última taça de uma garrafa? Provavelmente sim, e provavelmente você não está sozinho, nessa.