Esse vinho contém sulfitos?

Você já se deparou com essa frase, e ficou na dúvida do quê, exatamente, o rótulo queria dizer, com isso?

Pois bem, vamos lá...

 O que são os tais sulfitos?

Anidrido sulfuroso, ou seja, dióxido de enxofre (SO2), também identificado pelo código INS 220.

 Para que servem os sulfitos?

Esse composto é um conservante com atividade antisséptica, antibacteriana e antioxidante, ou seja, ele previne a proliferação de micro-organismos, o desenvolvimento de bactérias, e protege o vinho contra a oxidação. Os sulfitos também ajudam na extração dos compostos fenólicos do vinho, responsáveis pela concentração de cor e taninos.

Sendo assim, esses são compostos benéficos para o vinho, que facilitam o trabalho do enólogo ao longo do processo de vinificação.

 É seguro consumir um vinho com sulfito?

As dosagens de sulfito utilizadas no vinho são rigorosamente controladas, pela legislação dos países produtores de vinho, para que estejam dentro de limites seguros para a saúde.

Mas como os limites máximos autorizados variam muito de país para país, vamos citar como exemplo, a União Europeia, cujos limites permitidos são:

  160 mg/litro para vinhos tintos

  260 mg/litro para vinhos brancos

  300 mg/litro para vinhos doces

  400 mg/litro para vinhos botrytizados

É importante ressaltar que a maioria dos vinhos ficam muito abaixo desses limites, e também é importante citar que a dosagem encontrada no vinho é muito inferior àquela existente em tantos outros produtos que consumimos, como conservas, congelados, sucos industrializados... Frutas secas, por exemplo, podem apresentar um percentual de sulfitos até 10 vezes maior que o do vinho.

É sabido que existe uma pequena parcela de pessoas, dentre as asmáticas, que pode apresentar sensibilidade aos sulfitos. Mas, ao contrário do que muito se ouve falar, profissionais que estudam os efeitos do vinho sobre a saúde afirmam que os sulfitos não causam enxaqueca.

Aliás, se quiser ler mais sobre a relação entre vinho e enxaqueca, clique aqui.

 Todo vinho contém sulfito?

Não, existem vinhos sem sulfitos, mas representam uma parcela ínfima da produção mundial, muito inferior a 1%, mesmo que estejam em uma curva crescente. Ou seja, praticamente todo vinho contém sulfito.

E, pelo menos por enquanto, como cada país possui uma regulamentação própria quanto a vinhos orgânicos, não existindo uma regulamentação universal para determinar o que pode e o que não pode ser enquadrado como um vinho orgânico, ser rotulado como um vinho orgânico não é garantia de ausência total de sulfitos.

Então, se você estiver procurando vinhos sem sulfito, procure essa informação de forma explícita no rótulo.

E, se você quiser ler mais sobre vinho orgânico, clique aqui.

 Como os sulfitos aparecem no rótulo?

Nos EUA, por exemplo, qualquer vinho com mais de 10 mg de SO2 por litro deve informar “Contains Sulfites”.

Já no Brasil, os sulfitos aparecem no contrarrótulo como “conservante, ou conservador, INS 220 (anidrido sulfuroso)”, ou em alguns casos, com a expressão “contém sulfitos”.




Você está em

Quem somos

 

O Tintos&Tantos nasceu em 2013, e em seu pouco tempo de vida, já se tornou uma referência no mercado editorial de vinho, nacional e internacionalmente.

 

Para contar quem somos, primeiro vamos dizer quem nós não somos. Não somos um blog de vinhos. Não somos críticos de vinhos.

 

O Tintos&Tantos é um portal de Internet, que dá acesso a um conteúdo editorial, de produção própria, inteiramente dedicado ao mundo do vinho. 

 

Nossa contribuição é prover informação imparcial, relevante e gratuita.  Sempre em linguagem acessível e agradável de ler.

 

O intuito do Tintos&Tantos é o de fomentar o estudo, o interesse, a crítica, e até mesmo a polêmica a respeito do vinho.

 

Nosso foco não é competir com outros geradores de conteúdo, pelo contrário: ao sermos mais um agente no desenvolvimento desse mercado, e na consolidação dessa cultura, todos nós, apaixonados por vinho, ganhamos: consumidores, editores especializados, blogueiros, youtubers, produtores, importadores, sommeliers, enólogos e enófilos em geral...

 

Na nossa opinião, quanto mais gente do bem estiver falando sobre o mundo do vinho, com respeito e profissionalismo, melhor para todos nós.

 

Assim, é com imensa satisfação que criamos conteúdo diário e interagimos com cada leitor, através dos nossos canais de comunicação e de mídias sociais. 

 

No Facebook (www.facebook.com/tintosetantos), por exemplo, onde tantos amigos nos acompanham, é com orgulho que constatamos ser, o Tintos&Tantos, a maior página do Facebook, no mundo, em sua categoria! Uma comunidade de pessoas curtindo, comentando, se divertindo, aprendendo e ensinando, concordando e discordando... Todos nós, apaixonados pelo maravilhoso universo que cerca o vinho.

 

Não somos donos da verdade. Na verdade, recomendamos fortemente que se duvide de qualquer um que diga conhecer tudo sobre vinhos.

 

Esperamos que você aprecie e que continue nos acompanhando, e sempre que possível, ajudando na divulgação e propagação desse projeto, cujo foco será sempre você, vinhonauta!

 

A você, o nosso muito obrigado!

A você, o nosso brinde!

 

Em caso de dúvida, crítica ou sugestão, entre em contato pelo e-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.