Vinho provoca enxaqueca?

Esse é um assunto que sempre desperta interesse, e dúvida.

O vinho tem fama de ser um deflagrador de enxaqueca. Mas um estudo, relacionando diferentes cepas ao problema, demonstrou que a bebida não é tão culpada, assim, no que diz respeito às dores de cabeça...

A pesquisa foi apresentada em 2012 no Congresso Americano de Cefaleia, e foi coordenada por um brasileiro, o neurologista Abouch Krymchantowski, especialista em cefaleia. Extremamente bem recebida no meio acadêmico, a pesquisa repercutiu em mais de 500 sites médicos dos EUA, poucas horas após sua apresentação.

O estudo envolveu 40 pacientes em tratamento para enxaqueca, que apreciavam vinho e relatavam crises após ingerir a bebida. E foram testadas as variedades Malbec, Tannat, Cabernet Sauvignon e Merlot, todas da América do Sul.

Essas pessoas, já predispostas ao problema, consumiram meia garrafa de vinho, de cada uma dessas variedades, respeitando um intervalo mínimo de 4 dias entre os experimentos.

Os resultados do estudo mostram que determinadas uvas têm potencial maior de provocar os sintomas da enxaqueca, do que outras. Tannat e Malbec foram as variedades que desencadearam a enxaqueca com maior frequência, quando comparadas à Cabernet Sauvignon e à Merlot.

A explicação para essa constatação é a quantidade de taninos de cada variedade. Apesar de esse ser um composto saudável para o coração, ele provoca uma mobilização súbita de serotonina, que desencadeia a enxaqueca, conforme explicado pelos cientistas.

Isso significa que aqueles enófilos que correm maior risco de enxaqueca devem ficar de olho nos rótulos. Uma boa alternativa é procurar pelos vinhos menos tânicos, como aqueles produzidos com Cabernet Franc, Carmenère, Pinot Noir, Barbera, Zinfandel, Primitivo, Grenache, Merlot e Gamay.

Isso significa, também, que quanto mais entendemos do assunto, mais estamos aptos a fazer escolhas inteligentes, para o nosso prazer e para a nossa saúde.

Mas lembre-se sempre de uma máxima: na dúvida, consulte um médico.

E, se quiser ler mais sobre taninos, clique aqui. Ou então, sobre a relação entre o consumo moderado de vinho e a saúde, clique aqui.




Quem somos

 

O Tintos&Tantos nasceu em 2013, e em seu pouco tempo de vida, já se tornou uma referência no mercado editorial de vinho, nacional e internacionalmente.

 

Para contar quem somos, primeiro vamos dizer quem nós não somos. Não somos um blog de vinhos. Não somos críticos de vinhos.

 

O Tintos&Tantos é um portal de Internet, que dá acesso a um conteúdo editorial, de produção própria, inteiramente dedicado ao mundo do vinho. 

 

Nossa contribuição é prover informação imparcial, relevante e gratuita.  Sempre em linguagem acessível e agradável de ler.

 

O intuito do Tintos&Tantos é o de fomentar o estudo, o interesse, a crítica, e até mesmo a polêmica a respeito do vinho.

 

Nosso foco não é competir com outros geradores de conteúdo, pelo contrário: ao sermos mais um agente no desenvolvimento desse mercado, e na consolidação dessa cultura, todos nós, apaixonados por vinho, ganhamos: consumidores, editores especializados, blogueiros, youtubers, produtores, importadores, sommeliers, enólogos e enófilos em geral...

 

Na nossa opinião, quanto mais gente do bem estiver falando sobre o mundo do vinho, com respeito e profissionalismo, melhor para todos nós.

 

Assim, é com imensa satisfação que criamos conteúdo diário e interagimos com cada leitor, através dos nossos canais de comunicação e de mídias sociais. 

 

No Facebook (www.facebook.com/tintosetantos), por exemplo, onde tantos amigos nos acompanham, é com orgulho que constatamos ser, o Tintos&Tantos, a maior página do Facebook, no mundo, em sua categoria! Uma comunidade de pessoas curtindo, comentando, se divertindo, aprendendo e ensinando, concordando e discordando... Todos nós, apaixonados pelo maravilhoso universo que cerca o vinho.

 

Não somos donos da verdade. Na verdade, recomendamos fortemente que se duvide de qualquer um que diga conhecer tudo sobre vinhos.

 

Esperamos que você aprecie e que continue nos acompanhando, e sempre que possível, ajudando na divulgação e propagação desse projeto, cujo foco será sempre você, vinhonauta!

 

A você, o nosso muito obrigado!

A você, o nosso brinde!

 

Em caso de dúvida, crítica ou sugestão, entre em contato pelo e-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.