Alsace

Começando pelo começo do assunto, a letra “S” de Alsace é pronunciada como “Z”, por mais que isso inicialmente pareça estranho...

Na fronteira da França com a Alemanha, entre o Rio Reno e uma cadeia de montanhas chamada Vosgues, está Alsace, ou a Alsácia. Ter estado diversas vezes sob controle alemão, ao longo da história, resultou em uma rica mistura cultural, somente encontrada na Alsácia.

Cerca de 90% dos vinhos produzidos na Alsácia são brancos, mas há também excelentes rosés e tintos à base de Pinot Noir.

O sistema de denominação francês AOC (Appellation d’Origine Contrôlée) divide os vinhos da Alsácia em 3 grandes grupos:

 Alsace AOC

Uma característica que diferencia os vinhos alsacianos dos outros vinhos franceses é o fato de eles serem nomeados pela uva utilizada, e não pelo nome do vinhedo ou do château. Isso faz com que esta denominação seja uma das mais fáceis de entender. A citação da uva, no rótulo, indica um vinho 100% varietal. Quando a cepa não é citada, trata-se de um vinho de corte. As cepas utilizadas são principalmente a Riesling, Pinot Blanc, Gewürztraminer e Pinot Gris.

 Alsace Grands Crus AOC

Recentemente, o órgão regulador desta denominação introduziu um sistema de demarcação para os melhores vinhedos, os Grands Crus. Atualmente, são 51 vinhedos autorizados a produzir vinhos com esse rótulos, nos quais o nome do vinhedo também aparece. E praticamente apenas 4 cepas estão autorizadas para os Alsace Grands Crus: Riesling, Gewürztraminer, Pinot Gris e Muscat d’Alsace. Na Alsácia, os Grands Crus representam menos de 5% do total de vinhos produzidos.

 Crémant d’Alsace AOC

Espumantes frescos, vibrantes e elegantes, esses vinhos são produzidos pelo método tradicional, e podem ser brancos ou rosés. As castas autorizadas são Pinot Blanc, Pinot Gris, Pinot Noir, Riesling e Chardonnay.

Apreciadores de vinho não podem deixar de conhecer um Riesling da Alsácia. Elegante e seco, seus aromas vão de limão, grapefruit, pêssego e pera, para expressões mais ricas, como frutas cozidas, flores e especiarias. Os Rieslings da Alsácia apresentam frescura abundante, opulência, acidez picante, e são muito equilibrados.

Uma curiosidade: a típica garrafa dos vinhos da Alsácia é mais esguia que as outras, e, nessa região, existem até mesmo taças específicas! Para ler mais sobre as taças da Alsácia, clique aqui.




Quem somos

 

O Tintos&Tantos nasceu em 2013, e em seu pouco tempo de vida, já se tornou uma referência no mercado editorial de vinho, nacional e internacionalmente.

 

Para contar quem somos, primeiro vamos dizer quem nós não somos. Não somos um blog de vinhos. Não somos críticos de vinhos.

 

O Tintos&Tantos é um portal de Internet, que dá acesso a um conteúdo editorial, de produção própria, inteiramente dedicado ao mundo do vinho. 

 

Nossa contribuição é prover informação imparcial, relevante e gratuita.  Sempre em linguagem acessível e agradável de ler.

 

O intuito do Tintos&Tantos é o de fomentar o estudo, o interesse, a crítica, e até mesmo a polêmica a respeito do vinho.

 

Nosso foco não é competir com outros geradores de conteúdo, pelo contrário: ao sermos mais um agente no desenvolvimento desse mercado, e na consolidação dessa cultura, todos nós, apaixonados por vinho, ganhamos: consumidores, editores especializados, blogueiros, youtubers, produtores, importadores, sommeliers, enólogos e enófilos em geral...

 

Na nossa opinião, quanto mais gente do bem estiver falando sobre o mundo do vinho, com respeito e profissionalismo, melhor para todos nós.

 

Assim, é com imensa satisfação que criamos conteúdo diário e interagimos com cada leitor, através dos nossos canais de comunicação e de mídias sociais. 

 

No Facebook (www.facebook.com/tintosetantos), por exemplo, onde tantos amigos nos acompanham, é com orgulho que constatamos ser, o Tintos&Tantos, a maior página do Facebook, no mundo, em sua categoria! Uma comunidade de pessoas curtindo, comentando, se divertindo, aprendendo e ensinando, concordando e discordando... Todos nós, apaixonados pelo maravilhoso universo que cerca o vinho.

 

Não somos donos da verdade. Na verdade, recomendamos fortemente que se duvide de qualquer um que diga conhecer tudo sobre vinhos.

 

Esperamos que você aprecie e que continue nos acompanhando, e sempre que possível, ajudando na divulgação e propagação desse projeto, cujo foco será sempre você, vinhonauta!

 

A você, o nosso muito obrigado!

A você, o nosso brinde!

 

Em caso de dúvida, crítica ou sugestão, entre em contato pelo e-mail: This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.