8 fatos curiosos para curiosos sobre vinhos

Aqui vão algumas pequenas histórias para serem divididas com amigos, junto a uma boa garrafa de vinho!

 No Egito Antigo, macacos treinados, especificamente para esse fim, ajudavam na tarefa da colheita das uvas. Parece piada, mas não é...

 Segundo o Código de Hamurabi, conjunto de leis da Mesopotâmia, em caso de fraude na venda de vinhos, os criminosos eram condenados à morte, por afogamento.

 Os vikings que estiveram na América do Norte, aproximadamente 500 anos antes de Cristóvão Colombo, chamaram o que viram de “Vinland”, que significa “terra do vinho”, devido à enorme quantidade de videiras nativas que encontraram.

 Stanisław Leszczyński (1677-1766), ou Stanislaw I, rei da Polônia, enganava seus convivas, servindo um vinho da Borgonha misturado com outros ingredientes, como se fosse o então famoso vinho húngaro Tokaji. Ah, não se assuste com o sobrenome desse rei; basta pronunciar “lexi-inski”. E, se quiser ler mais sobre Tokaji, clique aqui.

 Em 1785, a rainha de Portugal D. Maria, mãe de D. João VI e conhecida como A Louca, impôs restrições à atividade industrial no Brasil, o que impediu, à época, o desenvolvimento da produção local de vinho. Somente uma louca, mesmo, para fazer isso...

 No início da 2ª Guerra Mundial, um terço dos vagões de carga franceses foram adaptados para transportar vinho até o front de batalha, pois acreditava-se que os soldados em guerra precisavam de vinho mais do que os civis.

 Em 1982, um homem chamado Michael Fagan conseguiu entrar no Palácio de Buckingham, apesar de toda a segurança que envolve a família real britânica. Escondido no palácio, ele bebeu meia garrafa de vinho branco.

 No Japão, há um parque temático onde se pode mergulhar em uma banheira de vinho, ou em outra, de café. Ambas, segundo o parque, embelezam a pele, entre outras coisas. O custo da brincadeira? O equivalente a aproximadamente R$ 85,00.

 Se você gostou da ideia de ver essas curiosidades reunidas, e quiser ler algumas outras, especificamente sobre Champagne, clique aqui.




Quem somos

 

O Tintos&Tantos nasceu em 2013, e em seu pouco tempo de vida, já se tornou uma referência no mercado editorial de vinho, nacional e internacionalmente.

 

Para contar quem somos, primeiro vamos dizer quem nós não somos. Não somos um blog de vinhos. Não somos críticos de vinhos.

 

O Tintos&Tantos é um portal de Internet, que dá acesso a um conteúdo editorial, de produção própria, inteiramente dedicado ao mundo do vinho. 

 

Nossa contribuição é prover informação imparcial, relevante e gratuita.  Sempre em linguagem acessível e agradável de ler.

 

O intuito do Tintos&Tantos é o de fomentar o estudo, o interesse, a crítica, e até mesmo a polêmica a respeito do vinho.

 

Nosso foco não é competir com outros geradores de conteúdo, pelo contrário: ao sermos mais um agente no desenvolvimento desse mercado, e na consolidação dessa cultura, todos nós, apaixonados por vinho, ganhamos: consumidores, editores especializados, blogueiros, youtubers, produtores, importadores, sommeliers, enólogos e enófilos em geral...

 

Na nossa opinião, quanto mais gente do bem estiver falando sobre o mundo do vinho, com respeito e profissionalismo, melhor para todos nós.

 

Assim, é com imensa satisfação que criamos conteúdo diário e interagimos com cada leitor, através dos nossos canais de comunicação e de mídias sociais. 

 

No Facebook (www.facebook.com/tintosetantos), por exemplo, onde tantos amigos nos acompanham, é com orgulho que constatamos ser, o Tintos&Tantos, a maior página do Facebook, no mundo, em sua categoria! Uma comunidade de pessoas curtindo, comentando, se divertindo, aprendendo e ensinando, concordando e discordando... Todos nós, apaixonados pelo maravilhoso universo que cerca o vinho.

 

Não somos donos da verdade. Na verdade, recomendamos fortemente que se duvide de qualquer um que diga conhecer tudo sobre vinhos.

 

Esperamos que você aprecie e que continue nos acompanhando, e sempre que possível, ajudando na divulgação e propagação desse projeto, cujo foco será sempre você, vinhonauta!

 

A você, o nosso muito obrigado!

A você, o nosso brinde!

 

Em caso de dúvida, crítica ou sugestão, entre em contato pelo e-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.