O inverno e o vinhedo

Frio pede uma taça de vinho. Em alguns dias, parece até que o frio não pede, ele exige uma taça de vinho... Mas e as uvas, lá na vinha, será que gostam também de tanto frio?

Em alguns casos, sim. Em outros, não...

As vinhas possuem mecanismos complexos, capazes de aclimatá-las para o inverno. O armazenamento de água entre as células (e não dentro delas) é um exemplo de como a vinha protege a estrutura de suas células. Como os cristais que se formam no congelamento podem causar danos, é preferível que eles se formem fora das células, e não dentro delas.

A longa e contínua exposição ao frio leva as vinhas a uma espécie de estado de dormência, no qual elas são mais resistentes a temperaturas extremamente baixas.

Porém, cada variedade tem um determinado nível de tolerância. E, mesmo numa mesma vinha, os troncos são mais tolerantes ao frio do que os brotos de frutas.

Assim, se as temperaturas caírem abaixo do nível crítico tolerável por uma variedade, ou se as temperaturam despencarem abruptamente, ainda meio fora de época, os danos causados podem reduzir os rendimentos da safra, reduzir a expectativa de vida da vinha, deixar a videira mais suscetível a pragas, ou até mesmo matar a videira completamente.

No início de 2014, inverno no hemisfério Norte, o rigoroso frio que se abateu, por exemplo, sobre os vinhedos canadenses da província de Ontario, foi emblemático. Houve quem perdesse quase toda a safra de uvas como Syrah e Sauvignon Blanc. Por outro lado, houve quem tenha se beneficiado pela colheita precoce de uvas para a produção de Icewine, com uma safra de qualidade ainda melhor que a habitual.

Assim, faz todo o sentido que produtores preocupem-se com os efeitos e os riscos do inverno sobre seus vinhedos, recorrendo, por exemplo, a seguros que cubram eventuais danos.

Da nossa parte, que não produzimos, mas degustamos, ficam nossos votos para boas safras. Fica nossa torcida por invernos seguros para os produtores e para os vinhedos. Fica nossa expectativa por bons vinhos, que inclusive nos aqueçam, durante o frio...

E, se você quiser ler mais sobre vinhos de gelo, clique aqui.




Quem somos

 

O Tintos&Tantos nasceu em 2013, e em seu pouco tempo de vida, já se tornou uma referência no mercado editorial de vinho, nacional e internacionalmente.

 

Para contar quem somos, primeiro vamos dizer quem nós não somos. Não somos um blog de vinhos. Não somos críticos de vinhos.

 

O Tintos&Tantos é um portal de Internet, que dá acesso a um conteúdo editorial, de produção própria, inteiramente dedicado ao mundo do vinho. 

 

Nossa contribuição é prover informação imparcial, relevante e gratuita.  Sempre em linguagem acessível e agradável de ler.

 

O intuito do Tintos&Tantos é o de fomentar o estudo, o interesse, a crítica, e até mesmo a polêmica a respeito do vinho.

 

Nosso foco não é competir com outros geradores de conteúdo, pelo contrário: ao sermos mais um agente no desenvolvimento desse mercado, e na consolidação dessa cultura, todos nós, apaixonados por vinho, ganhamos: consumidores, editores especializados, blogueiros, youtubers, produtores, importadores, sommeliers, enólogos e enófilos em geral...

 

Na nossa opinião, quanto mais gente do bem estiver falando sobre o mundo do vinho, com respeito e profissionalismo, melhor para todos nós.

 

Assim, é com imensa satisfação que criamos conteúdo diário e interagimos com cada leitor, através dos nossos canais de comunicação e de mídias sociais. 

 

No Facebook (www.facebook.com/tintosetantos), por exemplo, onde tantos amigos nos acompanham, é com orgulho que constatamos ser, o Tintos&Tantos, a maior página do Facebook, no mundo, em sua categoria! Uma comunidade de pessoas curtindo, comentando, se divertindo, aprendendo e ensinando, concordando e discordando... Todos nós, apaixonados pelo maravilhoso universo que cerca o vinho.

 

Não somos donos da verdade. Na verdade, recomendamos fortemente que se duvide de qualquer um que diga conhecer tudo sobre vinhos.

 

Esperamos que você aprecie e que continue nos acompanhando, e sempre que possível, ajudando na divulgação e propagação desse projeto, cujo foco será sempre você, vinhonauta!

 

A você, o nosso muito obrigado!

A você, o nosso brinde!

 

Em caso de dúvida, crítica ou sugestão, entre em contato pelo e-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.